Por administrador em 29/out/2013

Plano garante a professor em estágio probatório direito às progressões



A regulamentação do Plano de Carreira trouxe mais um importante avanço para professores e professoras da rede publica do Distrito Federal. Antes dessa conquista, as progressões vertical (ano a ano) e horizontal (especialização, mestrado e doutorado) ficavam condicionadas ao cumprimento do estágio probatório. Assim sendo, só havia progressão após três anos de efetivo exercício.

Com a regulamentação, através da Portaria n.º 259/13, os  professores e as professoras não ficarão mais estacionados nem no padrão e nem na etapa inicial da carreira.

O diretor do Sinpro, Polyelton de Oliveira, explica que mais de 3 mil professores tiveram seus padrões corrigidos no mês de outubro e receberão  com base nos novos padrões. “Essa conquista valoriza a carreira, corrige uma injustiça que era cometida e incentiva a formação continuada dos professores e professoras. Essa é uma conquista da categoria”.

O Sinpro-DF alerta, ainda, que os professores que ainda não solicitaram a progressão horizontal devem fazê-la o quanto antes, apresentando os certificados de especialização, mestrado ou doutorado.

Imprimir