Por administrador em 05/jun/2012

O Brasil sediará as comemorações do Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado hoje, 5 de junho



O tema deste ano será “Economia Verde: Ela Te Inclui?”O anúncio foi feito em Nairobi(Quênia), quando a Ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, reuniu-se com o diretor executivo do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, Achim Steiner no mês passado. As comemorações vão ocorrer três semanas antes de o Brasil sediar a Rio+20, encontro que vai discutir os progressos do desenvolvimento sustentável nos últimos 20 anos, além dos futuros desafios para o meio ambiente. Há duas décadas, o Brasil sediou as comemorações pelo Dia Mundial do Meio Ambiente, durante a Cúpula da Terra.
O Brasil, que está empenhado em posicionar-se como um líder mundial nas questões ambientais, organizou para esta terça centenas das 8.850 atividades programadas em todo o planeta para celebrar a data. Dilma vetou os artigos mais polêmicos da lei ao sancioná-la há duas semanas, entre eles um que pretendia conceder ampla anistia a todos os agricultores que destruíram ilegalmente a floresta. À margem da polêmica, o Governo brasileiro se empenhou em dar um perfil destacado à celebração do Dia do Meio Ambiente, pelo que Dilma deve apresentar nesta terça-feira em Brasília um novo pacote de medidas em defesa da natureza.
Outras atividades terão como cenário o Rio de Janeiro, uma espécie de capital da “consciência verde” às vésperas da Rio+20, que reunirá uma centena de chefes de Estado e de Governo nos dias 20, 21 e 22 para discutir o rumo do desenvolvimento sustentável. As atividades no Brasil, no entanto, já começaram no fim de semana. No sábado, o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma), em associação com o Governo brasileiro, apresentou uma campanha mundial chamada “passaporte verde”, que pretende conscientizar os turistas sobre a necessidade de proteger a natureza durante suas viagens. Também por causa do Dia do Meio Ambiente, a Bolsa de Valores de São Paulo e o Governo regional assinarão hoje um protocolo de intenções para desenvolver um mercado de ativos ambientais no pregão brasileiro. Coincidindo com as celebrações, o Pnuma deverá divulgar na quarta-feira, no Rio, um estudo “profundo” sobre o estado do meio ambiente no mundo todo, intitulado Panorama Ambiental Global 5 (GEO-5).
Não por acaso, neste fim de semana foi desativado o aterro sanitário de Jardim Gramacho, considerado o maior da América Latina, que recebia cerca de 6 mil toneladas de resíduos por dia e era responsável por contaminar as águas da Baía de Guanabara.

5 de junho: a escolha da data

Há exatos 40 anos, o dia 5 de junho foi instituído como o Dia Mundial do Meio Ambiente, durante a Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente, em Estocolmo, Suécia. Naquele encontro, foram discutidos temas que ainda hoje fazem parte da realidade global, como a degradação do meio ambiente e os riscos para a sobrevivência do homem, ou a ausência de sustentabilidade em muitas relações produção x consumo.Ao longo dessas quatro décadas, muito se avançou e parte do conhecimento acumulado pode ser compartilhado em centenas de publicações e ações que tem contribuído para a maior conscientização da população sobre a importãncia do tema.

Imprimir