Por administrador em 18/fev/2013

Mulheres discutem violência e geração de renda no 1° Encontro Nacional do Movimento de Mulheres Camponesas



Mulheres camponesasMais de 3 mil mulheres se reuniram na tarde desta segunda-feira (18), no Pavilhão do Parque da Cidade, durante abertura do 1° Encontro Nacional do Movimento de Mulheres Camponesas do Brasil. Com o tema “Na sociedade que a gente quer, basta de violência contra a mulher!”, participantes de 22 estados brasileiros reafirmaram a importância em se buscar políticas públicas que reduzam a violência e garantam geração de renda, e a autonomia para as mulheres no campo. O encontro acontece até quinta-feira (21) com troca de conhecimento, intercâmbio cultural, exposição de artesanato e culinária das regiões, além da apresentação de danças típicas, palestras e plenárias.

Apesar de ter a violência como destaque, a pauta do movimento é ampla. Entre os itens que serão discutidos durante os quatro dias do evento estão a aceleração da reforma agrária e a titulação de terras, e a licença maternidade de seis meses para as mulheres do campo. “Queremos que a nossa sociedade seja justa e igual para todas as mulheres, sem violência e desigualdades tanto para as mulheres do campo quanto para as mulheres da cidade. E o Sinpro é parceiro desta luta”, afirma a diretora da secretaria de Política para Mulheres do Sinpro, Eliceuda França.

Imprimir