Por administrador em 14/fev/2014

MST cobra que reforma agrária entre na pauta do governo



Na quarta-feira (12), cerca de 15 mil integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) realizaram passeata pela Esplanada dos Ministérios. O ato faz parte do sexto Congresso da categoria, que começou na segunda-feira (10) e se encerra nesta sexta-feira (14).

Cristiane Albuquerque, diretora do MST, apresentou as demandas do movimento. “O objetivo deste Congresso é discutir nossa pauta de reivindicações para os próximos 5 anos sobre a reforma agrária. Queremos dialogar com a sociedade sobre a proposta ideal para a reforma agrária popular, que estamos construindo nos assentamentos e acampamentos. Também vamos denunciar ao governo federal a violência que está ocorrendo no campo e o mais importante: que a reforma agrária entre na pauta das discussões”, afirmou.

O Congresso está ocorrendo no ginásio Nilson Nelson, em Brasília.

Imprimir