Por administrador em 14/dez/2009

Movimento dá continuidade às ações pelo “Fora Arruda”



Com o intuito de pressionar a saída imediata do governador do Distrito Federal José Roberto Arruda, e seu vice, Paulo Octávio, do governo do Distrito Federal, o Movimento Contra a Corrupção – composto pela CUT e demais centrais sindicais, partidos políticos, movimentos estudantil e popular – agendou, durante reunião na sexta-feira (11), mais duas atividades para esta semana.

No dia 15, terça-feira, haverá panfletagem na rodoviária do Plano Piloto a partir das 17h. A intenção é de esclarecer a população sobre os casos de corrupção que envolvem Arruda, Paulo Octávio e dez parlamentares da base aliada, além de chamar a população para fortalecer o movimento que combate a corrupção no DF. Às 19h, os manifestantes seguirão em passeata até o Palácio do Buriti, onde realizarão uma vigília a partir das 20h. O grupo promete levar velas para simbolizar o pesar da população do DF diante do caso de distribuição de propina em troca de favores políticos.

Já no dia 17, quinta-feira, a manifestação será em Taguatinga. Para a data está agendada uma passeata com concentração às 10h30 na Praça do Bicalho. De lá, os manifestantes seguirão em marcha pela comercial Norte até o Centro Administrativo do Distrito Federal (Buritinga), onde será realizado um ato político.

Arruda, Paulo Octávio e os parlamentares foram flagrados arrecadando e distribuindo ilicitamente dinheiro público vindo de licitações superfaturadas. As filmagens foram feitas pelo ex-secretário de Ralações Institucionais, Durval Barbosa, em troca da diminuição de pena pelos mais de 30 processos judiciais em seu nome. A Polícia Federal deu início às investigações no dia 27 de novembro, com a operação que recebeu o nome de Caixa de Pandora.

Imprimir