Por administrador em 12/jan/2010

Movimento contra a corrupção realizou plenária nesta quarta, 13



A manobra realizada pela base governista na Câmara Legislativa na última segunda-feira (11) reforça o que já se previa: eles tentarão evitar a todo custo qualquer investigação séria a respeito das falcatruas reveladas pela operação Caixa de Pandora. Diante desse quadro preocupante, as entidades integrantes do Movimento contra a Corrupção realizaram uma plenária nesta quarta-feira, 13, às 19h, no Teatro dos Bancários, para discutir os próximos passos da mobilização por uma Brasília livre dessa camarilha que tomou de assalto o poder em nossa cidade.
“Cada um de nós tem a sua parcela de responsabilidade neste momento. Precisamos mostrar que não aceitaremos mais ridículos pedidos de perdão, que não aceitaremos o cinismo e a cara de pau dessa turma da direita que se julga imune e promove essa barbárie que envergonha e indigna a população e que ainda organiza uma claque de “defensores” pagos com o dinheiro público para se contrapor ao movimento dos professores, estudantes e trabalhadores que exigem Justiça e punição para todos os envolvidos”, afirma a diretora do Sinpro, Augusta Ribeiro.
Ela reitera que todos os professores que estiverem na cidade devem participar das programações organizadas. “Cumpram mais esse papel na história, em nome do futuro de nossas crianças e de nossa tão jovem cidade. Apresentem sugestões, dêem ideias para a luta, pois só o povo organizado pode vencer o poder do dinheiro que comanda a nossa capital ”, afirma ela. Na quarta, dia 13, às 19h, foi realizada uma plenária para discutir os rumos do Movimento contra a Corrupção no DF, no Teatro dos Bancários, na 314/15 Sul.

Imprimir