Por administrador em 05/nov/2014

MG: Tucanos querem cassar direitos políticos de líder sindical por 8 anos



Hoje recebi a notificação da Ação de Investigação Judicial Eleitoral proposta pela coligação encabeçada pelo PSDB.

Eles pedem a suspensão dos meus direitos políticos por 8 anos.

O motivo?

A campanha de esclarecimento que o Sind-UTE MG fez sobre a realidade da educação pública mineira.

Estou sendo processada por falar a verdade!

Que decepção ver a assinatura do meu professor de constitucional na petição inicial.

Que tristeza ver como mentiram: disseram que só o candidato Fernando Pimentel foi convidado para a Conferência de Educação. Todos os candidatos foram convidados.

A teoria da coligação é que temos o hábito de descumprir decisões judiciais e citaram as greves de 2010, 2011 e a proibição de manifestações em 2013.

Disseram que não prestamos contas dos recursos do sindicato. Enquanto que a verdade é que nossas contas são apreciadas por um Conselho Fiscal, apresentadas e discutidas no Conselho Geral da entidade e nos Congressos.

As contas de 2010, 2011, 2012 já foram devidamente analisadas e aprovadas. E prestamos contas especificamente das greves, congressos, eleições, conferências. E distribuimos as prestações de contas aos participantes dos congressos e Conselho Geral.

Mentir é mesmo a melhor habilidade do PSDB.

Somos 7 diretores estaduais processados!

PS do Viomundo: A derrota em Minas doeu…

(VIO MUNDO, 04/10/2014)
por Beatriz Cerqueira, no Facebook

Imprimir