Por administrador em 18/jun/2013

Marcha pede mais segurança para a comunidade escolar de Ceilândia



IMG_2162Alunos, professores, pais e representantes da comunidade escolar deram uma aula de cidadania na manhã desta terça-feira (18). Durante marcha contra a violência, várias escolas de Ceilândia foram para as ruas pedir mais segurança para os estudantes do Centro Educacional 15 (antigo CEF 17) e para a comunidade em geral. Alunos do CED 15, localizada em uma área isolada da Expansão do Setor “O”,  são vítimas de bandidos, que aproveitam o trajeto para a instituição para cometer assaltos. Vários estudantes que vão a pé para as suas casas ou que precisam chegar até a parada de ônibus sofrem com a violência.

A marcha foi organizada com a participação dos professores e professoras e com o apoio do Sinpro. A categoria está mobilizada contra a violência nas escolas e pede mais seguranças para exercer seu trabalho com tranquilidade.

A marcha percorreu várias ruas e os manifestantes foram aplaudidos por populares. “O ato foi muito importante porque teve a participação maciça da sociedade, que está cansada de tanta violência no setor”, comemorou o diretor do Sinpro Chicão, declarando que o objetivo desta manifestação foi pedir mais segurança nas escolas.

Imprimir