Por administrador em 03/dez/2014

Ato pede ampliação da área da Escola Bilíngue Libras e Português de Taguatinga



A comunidade escolar da Escola Bilíngue Libras e Português Escrito de Taguatinga realiza nesta quinta-feira (04), às 8h, uma manifestação pela incorporação da área vizinha à instituição. O ato será na antiga Escola Classe 21 de Taguatinga (Setor H Norte). Segundo o diretor do Sinpro Julio Barros, o objetivo da manifestação é ampliar as instalações da primeira escola bilíngue de libras e português do Distrito Federal.

Em agosto de 2013 a Escola Classe 21 de Taguatinga foi transformada em Escola Bilíngue Libras e Português Escrito pela Portaria nº 171/2013, da Secretaria de Educação do DF, publicada na página 7 do Diário Oficial do DF. A escola foi instituída após a sanção da Lei nº 5.016/2013, que estabelece diretrizes e parâmetros para o desenvolvimento de políticas públicas educacionais voltadas à educação bilíngue para surdos, a serem implantadas e implementadas no âmbito do DF. É uma instituição inclusiva por excelência e tem o objetivo principal de constituir-se como espaço educacional propício para o desenvolvimento linguístico dos alunos surdos que têm a libra como primeira língua.

Vários ofícios já foram encaminhados à Terracap, Administração Regional de Taguatinga, Secretaria de Educação e aos deputados distritais já que uma construtora já ocupa a área reivindicada pela escola.

Imprimir