Por administrador em 07/jan/2010

Mais uma vez GDF atrasa abono de férias dos professores



Mais uma vez o Governo do Distrito Federal (GDF) age com descaso e desrespeito em relação ao pagamento do abono das férias dos professores. Na ocasião da discussão do calendário escolar de 2010, a comissão de negociação do Sinpro-DF apresentou como proposta o início das férias coletivas no dia 07 de janeiro, o que teria evitado o ocorrido. Mostrando mais uma vez intransigência a Secretaria de Educação do DF manteve a data para o dia 04 e com isto os professores e professoras, que já se encontravam no gozo de suas férias, ficaram no prejuízo.
O Sinpro dará entrada nesta sexta-feira, 08, na Justiça para garantir que o início das férias seja considerado a partir do recebimento do abono de férias. Entendemos que esse problema denota a falta de planejamento e organização da Secretaria, com prejuízos e aborrecimentos para os professores que só querem poder usufruir de suas férias sem sobressaltos.

Imprimir