Por administrador em 08/abr/2009

Mais um desrespeito do GDF



Os telefones do Sinpro ficaram congestionados na tarde desta quarta-feira com a ligação de professores que estão trabalhando na área administrativa indignados com a convocação para substituírem professores. Eles foram convocados para uma reunião nesta quinta-feira, às 10h, na EAPE e o Sinpro estará lá para questionar o absurdo de mais esse desrespeito à categoria.
Ninguém é obrigado a fazer essa substituição. Essa atitude desesperada do secretário pode gerar uma série de questionamentos jurídicos, pois se o professor for lotado na escola, ao fim da greve, para onde ele irá? Se eles assumirem regência de classe passarão a receber a GRC? E depois que tiverem esse direito adquirido, podem perdê-lo de repente? Qual a punição poderá ser aplicada a quem se recusar a substituir?
É um verdadeiro absurdo, como bem disse uma professora que não quis se identificar: “Considero que se o professor da área administrativa fizer isso, vai desrespeitar a categoria que se mobilizou. Não podemos nos esquecer que os benefícios que vêm de uma greve são estendidos a todos, inclusive a nós. Ao mesmo tempo considero que é um desrespeito a gente também, porque somos pressionados a nos colocar contra o movimento da categoria”.

Imprimir