Por administrador em 24/out/2011

Luta contra a homofobia nas escolas



A luta por uma sociedade democrática e por escolas sem homofobia tem sido uma das bandeiras levantadas pelo Sinpro-DF. No dia 23 de outubro o Sindicato participou da 3ª Parada Orgulho LGBT do Paranoá. A parada já foi realizada em Sobradinho e Planaltina. A diretora da Secretaria de Raça e Sexualidade, Maria de Fátima Nunes da Silva (Fatinha), defendeu os direitos humanos da comunidade LGBT e referendou o apoio da entidade à luta por uma sociedade democrática. “O Sinpro-DF é contrário a qualquer forma de discriminação e homofobias. Devemos combater o preconceito e discriminação no ambiente escolar e lutar pela aprovação do PLC 122, que criminaliza a homofobia”, afirmou ela.

Dia 06 de novembro ocorrerá a Parada Orgulho LGBT em Brazlândia. É importante que todos e todas compareçam e participem da luta contra toda forma de discriminação e homofobias. O Sinpro reitera a luta em defesa dos direitos humanos da comunidade LGBT, por uma sociedade democrática e igualitária para todos e todas. “A violência contra a comunidade LGBT é inadmissível. Faz-se, portanto, necessário a defesa dos direitos humanos, por uma cultura de paz e justiça” afirmou Fatinha.

Imprimir