Por administrador em 07/jan/2010

Liminar impede posse de direção de escola em Vicente Pires



Justiça impede a posse da direção da Escola Classe 02 de Vicente Pires até o julgamento do mérito de ação na Justiça impetrada pelos professores Luciano Marim Bogalho e Erica Nanini Lopes. Respectivamente diretor e vice da equipe que venceu as eleições na referida escola, mas que não tiveram a eleição reconhecida por serem marido e mulher, os dois educadores foram aprovados na prova necessária para concorrer e tiveram os títulos apresentados aceitos. Na ocasião, fizeram uma consulta à comissão regional de Taguatinga para saberem se havia algum impedimento na lei para que eles não participassem do processo eleitoral. Receberam uma resposta vaga: não era “recomendável”.
Como nenhum dos dois indicou ou nomeou o outro, ou seja, eles foram eleitos após passarem por um concurso público (a prova), os professores entendem que não se enquadram nas vedações existentes na lei 8112. Cabe ao secretário de Educação nomeá-los portanto não se enquadram na situação de nepotismo.” buscamos nossos direitos, pois agimos dentro da lei, e fomos democraticamente eleitos” afirmou o professor Luciano.
Está marcada para esta quinta, dia 7, às 10h no Buritinga, a posse de todos os diretores de escola eleitos ou reconduzidos e suas equipes. Parte da comunidade da escola pretende se manifestar na frente da sede do governo pelo respeito ao resultado da eleição.

Imprimir