Por administrador em 31/jan/2012

Lei da Gestão Democrática será sancionada sem a participação das entidades representantes das(os) trabalhadoras(es) em Educação



Com a distância de apenas algumas horas, o Governo do Distrito Federal convidou e “desconvidou” o Sindicato dos Professores no DF (Sinpro) para participar da cerimônia de sanção da Lei de Gestão Democrática do Ensino Público. O mesmo ocorreu com o Sindicato dos Auxiliares de Administração Escolar no DF (SAE). Essa indelicada atitude do GDF, torna-se ainda mais lamentável por ser a gestão democrática uma bandeira histórica da luta da comunidade escolar representada por essas duas entidades “desconvidadas”.

A lei que será sancionada na tarde desta terça-feira (dia 31), nada mais é do que o resultado da luta dessas duas categorias. Preocupa-nos atitudes como essa. Ela está na contramão de um governo que representa um partido democrático e popular, na medida em que desconsidera a importância da participação de sindicatos que lutam há mais de dez anos pela implementação dessa lei.

Imprimir