Por administrador em 24/nov/2009

Laptops: ação na Justiça para garantir pagamento



Até hoje o GDF não depositou a parte que lhe cabe no pagamento do computador portátil vendido aos professores. Como esse atraso tem sido recorrente todos os meses, e os professores têm reclamado bastante, o Sinpro decidiu ajuizar ação na Justiça para suspender o desconto dos professores até o que o GDF faça o pagamento da sua parcela.

Imprimir