Por administrador em 02/jun/2014

Homologada diretoria e eleita delegação para encontro nacional



A 14ª Plenária Estatutária se encerrou neste sábado (31) com a aprovação e homologação de alterações na direção Executiva e Estadual da CUT Brasília e com a eleição da delegação de 21 representantes da CUT Brasília que levará as propostas para a Plenária Nacional que acontece em São Paulo no final de julho.
Chegam para compor a Executiva, Amanda Corsino (do Sintect) e Ricardo Andrade Vasconcelos (do SAE). Eles assumem, respectivamente, as Secretarias de Organização e de Relação do Trabalho. Na direção estadual, entra o companheiro Francisco Alves (Sindser).

Deixam a Executiva os companheiros Roberto Miguel (Organização) e Denivaldo do Nascimento (Relação do Trabalho). Da direção estadual saem Cícero Rola (Sindser) e Ailton Nascimento Lopes (Sintect).

O vigilante Roberto Miguel continua na direção estadual da CUT Brasília e deverá ter confirmada vaga na direção nacional da CUT durante a Plenária Nacional.
Denivaldo e Cícero explicaram que estão assumindo novos desafios, devendo disputar as eleições para deputado distrital.

A plenária aprovou as modificações, aplaudindo e agradecendo o trabalho desenvolvido pelos que saem e saudando por unanimidade os novos dirigentes da CUTBrasília, que cumprirão um ano de mandato com esta gestão.

Em seguida, a Plenária aprovou por aclamação a chapa de 21 delegados que levarão as propostas de Brasília para a Plenária Estatutária Nacional que acontece entre os dias 28 de julho e 1º de agosto, em São Paulo.

Leia também:

>>> Delegados e delegadas aprovam proposta de cota de jovens para direção da Central

>>> Ações pela pauta da classe trabalhadora

>>> Delegados aprovam plano de ações e propostas políticas e organizativas

>>> CUT e movimentos sociais integram lutas por mais vez e voz aos trabalhadores

>>> 14ª Plenária Estatutária da CUT Brasília organiza entidades para avançar na luta

>>> 14ª Plenária: O desafio dos trabalhadores é combater ataques neoliberais a direitos

>>> Dirigente CUTista aponta urgência da reorganização para continuar a luta

>>> Equidade de gênero e paridade na representação são aclamadas na Plenária de Mulheres

>>> 14ª Plenária: Debate sobre conjuntura e projeto político organizativo

Secretaria de Comunicação da CUT Brasília

Imprimir