Por administrador em 15/jun/2013

Homenagem ao Mestre Funayama!



Funayama

O Centro Educacional São Francisco, o “Chicão” de São Sebastião está de luto. Perdemos nosso companheiro de trabalho, fundador da escola e personalidade singular da educação.

É com o coração muito apertado e sentindo uma dor muito grande que compartilho com todos os colegas de trabalho e com todos os companheiros de profissão a partida para outro plano do Mestre Funayama. Nessas horas passa um filme na cabeça da gente…

Companheiro de trabalho maravilhoso, foi um dos professores fundadores do Centro Educacional São Francisco de São Sebastião, chegou na escola com sua moto Harley Davidson com mais de 60 anos e logo encantou a todos por ser uma pessoa tão tranquila e sábia.

Lembro-me dos Saraus na escola, o Mestre tocando saxofone, em outras ocasiões como professor de PD ensinando violão ou teclado aos alunos em sala de aula e no pátio, ou ainda chegando na escola com seus quadros que ainda enfeitam as paredes do Chicão, ou ainda ensinando pintura aos alunos.

Muitas lembranças das manhãs em que recebia os alunos tocando saxofone fazendo dueto com o professor Allan de matemática tocando violino. Espirito jovem. Artista, cientista, sábio nem falava de aposentadoria. Já estava aposentado no Marista e ainda ampliou sua carga horária de 20h para 40h na SEEDF para permanecer ativo, trabalhando e produzindo sempre.

Lembro também dos seus quadros negros desenhados com células, mitocôndrias e neurônios, comprava ele próprio seu giz colorido e com sua caligrafia tão linda produzia verdadeiras obras de arte que o professor que o sucedia na sala de aula ficava com pena de apagar.

De vez em quando nos surpreendia com suas tantas habilidades. Mestre Samurai, sabia fazer espadas, sabres belíssimos de aço fundido e arcos feitos com PVC. Nesse ano ainda pediu a direção que comprasse um alvo para ensinar arco e flecha para os alunos. Infelizmente não deu tempo…

Pessoa maravilhosa de convívio leve e alma doce. Funayama deixa um legado, milhares e milhares de estudantes em muitos anos de educação. Ensinou muito mais do que Biologia aos estudantes, ensinou o valor do silêncio e a beleza da arte.

Deixou aos colegas o exemplo de assiduidade, de compromisso com a escola, de generosidade e carinho para com os estudantes e principalmente amor à educação.

Vai tranquilo amigo. Você deixou seu exemplo e agora toda escola e todo educador se une para prestar as homenagens merecidas a esse ser humano singular e muito especial.

Vai em paz. Faça uma boa viagem. Em nome da fraternidade do Chicão nos despedimos com muito pesar. Te amamos hoje e sempre.

 

Imprimir