Por administrador em 09/out/2013

Greve de professores em oito estados revela crise na educação



Paraíba, Goiás, Rio de Janeiro, Paraná, Sergipe, Mato Grosso, Pará e Tocantins são apenas alguns dos estados brasileiros em que os sindicatos dos trabalhadores de educação declararam greve dos professores. A paralisação tem gerado discussões, disputas políticas e confrontos durantes as manifestações populares.

Os professores reivindicam a implementação do Plano Nacional de Educação (PNE) e um plano de carreiras e salários que valorize os profissionais. Em alguns estados, no entanto, estudantes já estão a dois meses sem aula. Mas a crise na educação brasileira vai muito além: apenas cinco dos vinte e sete estados brasileiros cumprem a lei do piso salarial dos professores na íntegra.

Como conciliar os interesses dos professores e dos alunos? Quais as principais carências da educação brasileira? Como está o processo de formação de professores? Quais os desafios da sala de aula? Como o ensino técnico pode contribuir para o cenário educacional?

Para tentar responder a estas e outras questões, o Sala Debate recebeu na terça-feira (8), Anna Helena Altenfelder, superintendente do Cenpec; e Heleno Araújo, Secretário de Assuntos Educacionais da CNTE. Pela internet, Júlio Furtado, consultor em educação e reitor da Uniabeu; e Sergio Roberto Arruda, diretor Regional do Cefet de Santa Catarina.

A reprise do programa vai ao ar no domingo, às 21h.

(TV FUTURA)

 

Imprimir