Por administrador em 30/ago/2011

Ampliada licença maternidade de 180 dias para professoras com contrato temporário



O direito das professoras de contrato temporário de gozarem licença maternidade de 180 dias estava sendo garantido pelas ações ajuizadas pelo Sinpro. Após toda a luta para que este direito fosse respeitado, foi publicado no Diário Oficial desta terça-feira (30) despacho do governador Agnelo Queiroz outorgando efeito normativo ao parecer da Procuradoria que amplia a licença maternidade das professoras com contrato temporário para 180 dias. Esta é mais uma vitória da luta da categoria pela garantia do respeito aos direitos da categoria.

Imprimir