Por administrador em 19/out/2011

SAE garante 20% da incorporação para categoria



Os servidores auxiliares de administração escolar aceitaram a proposta do governo de incorporação de 20% da Gratificação de Apoio Técnico-Administrativo (GATA) e descartaram a possível deflagração de greve da categoria. Os trabalhadores tomaram a decisão em assembleia nesta terça-feira (18), depois de aguardarem por mais de sete horas, debaixo de chuva, o retorno da Comissão de Negociação do SAE – sindicato que representa a categoria – que estava reunida com o governo. “É preciso sonhar. Nossas conquistas se fazem dos sonhos. Mas é preciso trabalhar também com a realidade. Esse resultado é uma vitória conseqüente da nossa luta”, avaliou o presidente da CUT-DF, José Eudes, que também coordena o SAE.
Em nota, o governo afirmou que a incorporação da GATA será dividida em 10% a partir deste mês e 10% a partir de março de 2012. “O restante será negociado quando os cálculos referentes ao 1º quadrimestre de 2012 da execução financeira do GDF estiverem concluídos”, afirma a nota. O GDF também afirmou que os estudos sobre o plano de saúde dos servidores estão em fase final e que a implementação do benefício será feita a partir de janeiro de 2012. O governo ainda propôs a continuidade das atividades do Grupo de Trabalho que trata da reestruturação do Plano de Carreira. Segundo nota do governo, o objetivo é adequá-lo “a nova realidade dos demais profissionais da educação e as conseqüências dos mecanismos de incorporação da GATA”. No início deste ano, os auxiliares em administração escolar realizaram greve de 17 dias. No dia 25 de maio, eles suspenderam o movimento pelo compromisso feito pelo governo de atender as reivindicações da categoria. Entre a pauta dos trabalhadores, estava a incorporação de 100% da GATA, a reestruturação da Carreira e a implementação do Plano de Saúde.

Imprimir