Por administrador em 06/jan/2009

GDF deposita férias



O dinheiro referente ao pagamento das férias dos professores, que deveria ter sido depositado nas contas dos educadores no dia 30 de dezembro, foi efetivamente creditado somente na noite de segunda, 5. O Sinpro foi informado que houve um problema com o pagamento dos professores de Sobradinho e já fez contato com o governo que ficou de dar uma posição nas próximas horas.

O Sinpro ingressará com ação na justiça para retardar o retorno às aulas, já que a lei prevê que as férias devem ser pagas dois dias antes do gozo das férias coletivas.
O atraso no pagamento de férias causa uma série de transtornos aos professores, que vêem sua programação do descanso comprometida por falta de planejamento financeiro do GDF.

Imprimir