Por Tomaz Campos em 07/ago/2017

Funcionalismo de Planaltina-GO para a partir desta segunda (7)



Servidores públicos municipais de Planaltina de Goiás entrarão em greve por tempo indeterminado a partir desta segunda-feira (7/8). A deliberação foi tomada em assembleia realizada em frente à prefeitura da cidade, nesta sexta-feira (4/8).

A greve foi desencadeada devido ao não pagamento do reajuste salarial e outros benefícios, assegurados em termo de compromisso firmado no início do ano entre o Sindiplag – sindicato que representa a categoria – e a prefeitura. Mas desde junho o acordo vem sendo descumprido e os servidores não receberam o reajuste do piso, ficaram com planos de carreira estagnados e 13º salário atrasado.

Segundo o presidente do Sindiplag, Jurandir Rodrigues Rosa, a categoria vai paralisar todos os serviços até que o prefeito cumpra sua palavra. “É inaceitável que acordos sejam descumpridos dessa forma. Desde o início buscamos o diálogo, mas sem sucesso. O trabalhador precisa do seu reajuste, do 13º e, por isso, nossa greve se faz necessária nesse momento”, explicou.

“A CUT Brasília vai engrossar o coro dos servidores públicos de Planaltina de Goiás em defesa dos trabalhadores. Vamos atuar de forma intransigente junto com o Sindiplag para que a prefeitura atenda ao pleito da categoria”, se compromete o secretário geral da CUT Brasília, Rodrigo Rodrigues, quer esteve presente na assembleia e apoiou o movimento grevista.

Imprimir