Por administrador em 25/jul/2014

Estudantes fazem ato em Brasília em apoio a movimentos sociais



Cerca de 150 estudantes de direito de várias partes do país se reuniram na tarde desta quinta-feira (24) em frente ao prédio do Ministério da Justiça, em Brasília, para protestar contra a criminalização dos movimentos sociais. O grupo chegou ao local por volta das 17h.

Segundo o estudante da PUC de Porto Alegre Régis Rafael Ribeiro, de 32 anos, o grupo está na cidade para participar do Encontro Nacional de Estudantes de Direito, na UnB.

“Estamos aqui para protestar contra as violações que estão por vir com esses megaeventos que estão sendo criados”, afirmou Ribeiro. “Vivemos sob o espectro da ditadura, que favorece os interesses da elite.”

Onze representantes da Federação Nacional de Estudantes de Direito (Fened) foram recebidos no Ministério da Justiça pelo assessor especial do ministro Márcio Freitas, para que fossem apresentadas as reivindicações do grupo.

A pauta de reivindicações também inclui a readmissão de trabalhadores demitidos em greves, o direito à livre manifestação, o repúdio à tentativa de criminalização dos movimentos sociais e a desmilitarização da polícia.

(Do G1)

Imprimir