Por administrador em 19/abr/2010

Estudantes farão paralisação por permanência de orientador



Amanhã, 20, mais de 1600 estudantes do Centro de Ensino Médio Taguatinga Norte (CEMTN) irão paralisar suas atividades durante todo o dia para reivindicar a permanência na escola do orientador educacional José Dias. A Regional de Ensino pediu a devolução do profissional alegando que a escola já tem dois coordenadores, mas os estudantes argumentam que esse número é pequeno para a quantidade de alunos.
José Dias é querido por todos, porque desde o início de 2009 desenvolve com sucesso um projeto de combate à violência na escola que envolveu toda a comunidade escolar.
O Sinpro apoia a iniciativa e tem como uma das reivindicações para a melhoria do atendimento da orientação pedagógica a presença de um orientador para cada 300 alunos.

Imprimir