Por administrador em 08/mar/2012

Estudantes do Gama fazem ato em apoio à luta dos professores



Alunos do Gama, organizados pela União Municipal dos Estudantes Secundaristas das escolas públicas do Gama (UMES), realizaram um ato em apoio à campanha do Sinpro e por melhorias na estrutura das escolas. O ato teve início em frente à administração, às 8h30 de quarta-feira (07), e logo após uma passeata seguiu até a DRE do Gama, quando representantes entregaram uma pauta de reivindicações para o diretor da regional. Na pauta constam pedidos de mais verbas para a educação pública; cobertura imediata das quadras de esportes de todas as escolas do DF; refeições saudáveis e de qualidade em todas as escolas; passe livre irrestrito e ilimitado; reformas estruturais urgentes nas escolas; fim da cobrança de taxas; o cumprimento do acordo do Governo Agnelo com as reivindicações dos(as) professores(as), entre outros.

Apoio da UNE – Outros segmentos estudantis também mostraram apoio à luta dos professores e professoras do DF. Na última sexta-feira (04) representantes da União Nacional dos Estudantes (UNE), da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES) e de diversos grêmios estudantis estiveram reunidos com a direção do Sinpro, e manifestaram total apoio à luta da categoria. Durante a reunião foi esclarecida a pauta de reivindicação dos(as) professores(as) e, apesar da preocupação dos alunos com a greve, as entidades estudantis entenderam os motivos do movimento e se comprometeram a realizar manifestações em diversas regiões administrativas em apoio. Além das manifestações de apoio, que estão certas em Taguatinga e no Plano Piloto, e da produção de faixas, um manifesto de apoio à luta será divulgado pelas redes sociais.

Imprimir