Por administrador em 24/nov/2009

Escolas devem ter autonomia para definir formatura



Com a autorização da Secretaria de Educação, representantes da Umesb têm percorrido algumas escolas do DF oferecendo aos alunos do terceiro ano do ensino médio a possibilidade de fazer uma formatura coletiva a preços muito abaixo do que qualquer comissão de escola pública poderia conseguir. Os professores e alunos, que durante todo o ano se organizaram para fazer uma bela formatura na sua escola estão sendo desrespeitados no seu esforço de arrecadar recursos e definir como se dará a formatura do ensino médio.
O Sinpro apóia os professores em sua indignação, por entender que as formaturas devem ser organizadas internamente por cada escola, de acordo com a autonomia escolar prevista em lei.

Imprimir