Por administrador em 10/out/2013

Escola Classe n°04 realiza passeio ciclístico com estudantes



IMG_0557Pais, comunidade, professores e cerca de 300 alunos participaram do IV Passeio Ciclístico da Escola Classe nº04 do Cruzeiro Novo, na manhã dessa quinta-feira (10).

 

Mas a atividade não era apenas para comemorar o Dia das Crianças e incentivar a prática de esportes. A ação é parte de do projeto “Vivências” desenvolvido pela escola todos os anos com temas diferenciados. Alunos da educação infantil até o 5° ano trabalham

 

“O projeto é extenso e aborda várias áreas da educação. Nesse ano estamos trabalhando os 4R: reciclar, reutilizar, repensar, reaproveitar. Várias atividades são desenvolvidas em torno desses temas. O passeio ciclístico é parte desse processo e nós somos a única escola do DF que comemora o dia das crianças com esse tipo de atividade participativa e que incentiva saúde e não poluição do meio ambiente”, explicou a diretora da escola, Rivânia Lima.

 

O circuito acontece entre as quadras 407 até a 1005 do Cruzeiro Novo.  A Polícia Militar do DF e o Departamento de Trânsito do DF também participam da atividade com orientações educativas no trânsito e intervenção no trânsito local. A participação popular também é intensa.

 

A professora Kátia Mansur destaca que além da atividade proporcionar o bem estar físico das crianças, o emocional e o respeito também são trabalhados. “Eles aprendem desenvolvem uma série de coisas, como educação no trânsito, respeito ao ciclista e pedestre, meios de transporte saudável, preservarem o meio ambiente e a praticar as regras da nossa convivência”, destacou.

 

A aluna Ana Carolina tem oito anos e cursa o 2° ano na escola. Ela não consegue esconder a euforia pela atividade. “Eu adoro quando chego esse dia. Participo desde primeiro passeio e é muito legal vê as pessoas na rua achando diferente a nossa forma passear. Eu também gosto, porque, é a hora que posso brincar com as minhas amigas e conseguimos ir aos lugares sem aquela fumaça todo dos ônibus”, ressaltou sorridente.

 

Mãe de um casal de alunos da escola, Nívia Maria de Sousa, lembra-se de como eles desenvolveram a autonomia e o espírito de cooperação entre eles e com os amigos. “Eles participam do projeto desde que tinham quatro anos de idade e sempre observei como eles gostam das atividades. A interação com as outras crianças também aumentou. Acho muito importante essas ações escolares em conjunto com a família e a comunidade”, lembrou.

Imprimir