Por administrador em 03/fev/2010

Ernesto Silva morre aos 95 anos



Morreu no início da tarde desta quarta-feira (03), aos 95 anos, no Hospital Brasília, o médico e pioneiro Ernesto Silva. Ele faleceu às 13h15 em decorrência de disfunção múltipla dos órgãos. Em agosto de 2009, Ernesto foi internado na Unidade de Terapia Intensiva do hospital com quadro de infecção grave, resultado de uma pneumonia. Ele foi liberado, mas retornou ao centro médico em setembro por causa de uma crise hipertensiva, que exigiu monitoramento médico constante.
O médico foi secretário da “Comissão de Localização da Nova Capital do Brasil” (1953/1955); presidente da “Comissão de Planejamento da Construção e da Mudança da Capital Federal” (1956); diretor da NOVACAP (1956/1961); conselheiro da Fundação Educacional e da Fundação Hospitalar do DF (1960/1961); e nos últimos anos foi presidente e/ou membro de diversos órgãos ligados às áreas de Saúde e de Cultura no DF. Durante vários anos Ernesto Silva criticou o crescimento desordenado de Brasília e afirmava que “estava comprometendo o belíssimo projeto de Lucio Costa e trouxe males, como a violência e crianças sem escolas”.

Imprimir