Por administrador em 06/maio/2014

Em greve, professores do Novo Gama realizam assembleia nesta quarta (7)



Após 56 dias de greve, os professores da rede pública do Novo Gama realizam nova assembleia geral extraordinária nessa quarta-feira (7), às 8h40, na sede do Sinpro NG.

De acordo com o presidente do Sindicato, Francisco Soares Lima, a atividade tem por objetivo discutir proposta que pode ser apresentada à categoria ainda hoje, terça-feira (6), pelo secretário de governo do Novo Gama, Delmar Carneiro de Aguiar. “Caso a prefeitura não apresente nada, vamos definir os rumos do movimento, intensificando a greve e articulando novas manifestações”, disse Francisco.

Os professores do município paralisaram as atividades reivindicando o retorno da jornada ampliada em todas as escolas do município, retirada unilateralmente pela prefeitura no começo deste ano. Ao longo desse tempo, o prefeito do Novo Gama, Everaldo Vidal, se mostrou totalmente inflexível quanto à reivindicação dos trabalhadores, apesar do esforço do Sinpro NG e da CUT Brasília em negociar a pauta.

Com a redução da carga horária, a prefeitura cortou pela metade o salário da categoria. Isso sem falar que o ano letivo foi diminuído para 296 horas-aula, reduzindo drasticamente o tempo de permanência da criança na escola e a qualidade do ensino oferecido.

O Sinpro apoia as manifestações e se solidariza com todos os companheiros e companheiras do Entorno nesta luta pela valorização do(a) professor(a) e por uma escola pública de qualidade.

(Com informações da CUT Brasília)

 

Imprimir