Por administrador em 20/abr/2010

Edital de concurso deve sair até maio. Reposição do dia 16 é negociada



A Secretaria de Educação irá lançar até o início de maio o edital para a realização de concurso público para professores e orientadores educacionais, uma reivindicação da categoria. A informação é da secretária de Educação, Eunice Santos, que se reuniu na manhã desta terça, 20, com a comissão de negociação do Sinpro. Neste encontro a paralisação do dia 16 de março foi negociada e as escolas já podem definir a reposição do dia letivo.

Já a reposição das horas não trabalhadas na compactação de horário do dia 15 de abril ainda está em processo de negociação. A orientação é de que o (a) professor (a) assine o ponto com as horas que efetivamente trabalhou naquele dia.

Ainda a respeito do concurso, ela adiantou que a empresa responsável pela organização será a Funiversa e há a possibilidade de que na prova de títulos possa ser incluído o tempo de trabalho como contrato temporário. Ela informou ainda que enviará à Câmara Legislativa projeto que altera as regras de interstício do contrato temporário, especificamente para permitir que contratos temporários que já estão trabalhando possam participar do próximo processo de seleção.

A secretária afirmou que as progressões estão atrasadas por conta do sistema de informática, mas se comprometeu a realizar esforços para regularizar a situação.

Comissão Paritária – Será instituída comissão paritária do Sinpro e Secretaria para discutir a montagem de um calendário para o gozo da licença-prêmio e para discutir a portaria 255/08, no que se refere à redução de carga horária após 20 anos de regência de classe, benefício que conquistamos com o nosso Plano de Carreira.

Pauta da campanha – A secretária se comprometeu a intermediar um encontro com o governador, de preferência no dia 27, às 15h, data que a assembleia definiu como dia de entrega da nossa pauta de reivindicações da campanha salarial de 2010/2011.

Imprimir