Por administrador em 13/ago/2012

EC 66 de Ceilândia: exemplo de educação ambiental



No dia 16 de Junho de 2012 aconteceu a 1ª Feira de Ciências da Escola Classe 66 de Ceilândia, com a temática sustentabilidade. O evento contou com a participação de mais 2 mil pessoas da comunidade do Sol Nascente. Elas puderam visitarm 11 estandes que repassavam informações e experiências sobre a coleta seletiva, reciclagem, hortas suspensas, pirâmide de alface e terralho.

Uma das experiências mais comentadas foi à horta piramidal idealizada pela professora Janislândia da turma da classe especial em conjunto com as professora Geiliane, Francisca, Tânia e Lya. Esta idéia surgiu pela falta de espaço da escola para fazer uma horta convencional sendo uma alternativa viável e uma opção para a falta de terrenos adequados para a produção de alimentos. Também dentro desta visão os professores Célio, Ana Maria, Aline Madureira e Andréia coordenaram o projeto de horta suspensa e terralho.

A Escola Classe 66 participará pela primeira vez da Feira de Ciências de Ceilândia. O incentivo à ciência e à defesa do meio ambiente a partir de uma concepção de sustentabilidade é a grande inovação de nosso projeto político-pedagógico. A partir desta experiência vamos desenvolver na pratica a coleta seletiva.  Durante a preparação da feira de ciências em parceria com o Percussucata e a cooperativa Cataguá realizamos a gincana da garrafa pet, quando retiramos do meio ambiente dois caminhões de garrafas para reciclagem.

A equipe da EC 66 acredita que a escola tem um papel fundamental na defesa do meio ambiente e na construção de uma sociedade sustentável.

Imprimir