Por administrador em 18/mar/2013

Diretora é assaltada à mão armada dentro de escola



A insegurança nos prédios escolares faz mais uma vítima. Desta vez foi a diretora da Escola Classe Brochado da Rocha, Cláudia Borges, que teve o carro roubado no pátio da escola na manhã da última sexta-feira, dia 15. O assalto à mão armada ocorreu quando a diretora estacionava o veículo e por pouco ela não foi levada pelo assaltante. “Minha sorte é que o carro estava cheio de materiais que havia trazido da Regional de ensino e não pude sentar no banco do passageiro”, afirmou ela.

Há cerca de quatro anos os alunos da Escola Classe Brochado da Rocha aguardam a reforma do prédio da escola, localizada na BR 020, entre Sobradinho e Planaltina. Enquanto isso não ocorre, os estudantes recebem aulas em espaços improvisados e desde o ano passado estão na Escola Classe Córrego do Arrozal, onde ocorreu o assalto. Segundo a diretora, a insegurança na região é grande e  a escola está totalmente à mercê dos bandidos, pois não tem nem mesmo porteiro ou vigia, são os próprios membros da direção que abrem e fecham a escola. “Muitos estão assustados com o aumento da violência na região”, afirma ela.

O Sinpro há tempos tem reclamado da questão da insegurança nas escolas e da necessidade de uma maior vigilância e prevenção, em especial nas escolas de comunidades da periferia ou área rural.

Imprimir