Por administrador em 08/out/2009

Dia 15, às 14h30, todos ao ato na Rodoviária



Descaso total com a saúde do professor no serviço de perícia médica da Secretaria, Plano de Saúde que não sai do papel, direito de gozar a licença-prêmio negado, mais de R$ 50 milhões devidos à categoria, auxílio-alimentação de R$ 3, 60 ao dia. Você está cansado de tanto desrespeito? Então compareça ao ato na próxima quinta-feira, 15 de outubro, Dia do(a) Professor (a), às 14h30, e exija o respeito aos seus direitos.
Todos os professores que sabem que nossas conquistas dependem da nossa mobilização estarão na Plataforma Superior da Rodoviária do Plano Piloto para mostrar à sociedade a dívida do GDF com a escola pública e com os educadores.
Também neste dia entregaremos o “Documento da Indignação” ao Governo local, elencando todas pendências devidas à categoria. Para o ato foi aprovada a compactação de horário para que os professores possam participar.

Imprimir