Por administrador em 10/fev/2011

CUT realizará mobilização no Congresso na terça-feira (15)



A CUT vai reunir dirigentes e militantes de diversas categorias para realizar uma mobilização no interior da Câmara dos Deputados e do Senado na próxima terça-feira, dia 15, quando deve ir a voto em plenário o projeto do governo que propõe R$ 545 para o salário mínimo. O objetivo da mobilização é convencer os deputados e deputadas a aprovarem aumento real para o salário mínimo, ou seja, mais que R$ 545. A CUT e as centrais defendem R$ 580. A primeira votação acontece na Câmara. “Vamos mobilizar uma vez mais por um valor do salário mínimo que seja maior que esse defendido pelo governo”, diz o presidente da CUT, Artur Henrique.
Artur esclarece que os demais pontos da pauta – correção da tabela do imposto de renda, manutenção da política de valorização do salário mínimo até 2014 e criação de uma política de valorização das aposentadorias – continuam em negociação e já receberam sinalização positiva do governo. “Quanto a esses outros pontos, que estão na mesa, vamos continuar mobilizados para garantir que as negociações com o governo terminem em conquistas para os trabalhadores”, explica Artur.
Com informações do site da CUT

Imprimir