Por administrador em 28/nov/2012

CUT pede aprovação do projeto pelo fim do fator previdenciário



A CUT está nesse momento no Congresso Nacional acompanhando o processo de votação do fim do fator previdenciário (na foto, dirigentes da CUT, diretores e militantes da categoria).  Desde às  13h, sindicalistas estão na Câmara dos Deputados pedindo a aprovação da emenda aglutinativa do deputado Pepe Vargas ao susbstitutivo do  projeto que põe fim ao fator previdenciário. A proposta pode ser votada nesta quarta.

O fator previdenciário é uma fórmula criada em 1999, que leva em consideração a idade, o tempo de contribuição e a expectativa de vida do brasileiro para o cálculo do valor da aposentadoria. O instrumento visa reduzir o valor do benefício de quem se aposenta por tempo de contribuição antes de atingir 65 anos, no caso de homens, ou 60, no caso das mulheres.

O tempo mínimo de contribuição para aposentadoria é de 35 anos para homens e 30 para mulheres. O texto defendido pelo grupo de trabalho prevê que, para obter aposentadoria com 100% do valor do benefício, a soma do tempo de contribuição e da idade do trabalhador deve totalizar 85 para mulheres e 95 para os homens.

A proposta ainda estabelece que, caso o trabalhador seja demitido sem justa causa dentro dos últimos 12 meses de serviço antes de se aposentar, a empresa deverá recolher contribuição proporcional ao período restante para a aposentadoria. Assim, seria computado o prazo de contribuição completo, de forma que o trabalhador receba o benefício integral.

Com informações do Globo.com

Imprimir