Por administrador em 10/ago/2012

CUT convoca os/as trabalhadores/as para a luta



A CUT convoca os/as trabalhadores/as urbanos e rurais para uma ampla agenda de mobilizações, em conjunto com os movimentos sociais, para cumprir o Plano de lutas definidas no 11º CONCUT. Segundo a entidade, na tentativa de acabar com a greve dos servidores públicos federais, o governo adotou duras medidas que podem afetar todos/as os/as trabalhadores/as em geral. Um exemplo disso é o Decreto nº 7.777, que tem como objetivo substituir os servidores em greve por trabalhadores estaduais ou municipais e até por serviços terceirizados.

No entendimento da CUT, esse decreto governamental fere o direito legítimo de greve dos servidores federais e abre um precedente que poderá se voltar contra os próprios servidores Estaduais e Municipais. Nesse sentido, a Central Única dos Trabalhadores e outras entidades de representação nacional do funcionalismo federal protocolaram na quinta-feira, dia 9 de agosto, no Supremo Tribunal Federal (STF), uma Ação Direta de Inconstitucionalidade contra o referido decreto.

A participação de todos/as os/as trabalhadores/as nas mobilizações agendadas tem como objetivo consolidar a construção classista dos servidores públicos das três esferas de governo e mostrar para o governo Federal que o caminho para terminar com a greve é o diálogo, a negociação e o acordo. A CUT defende a implantação de uma política salarial e valorização das carreiras, regulamentação da Convenção 151 da OIT, visando à melhoria crescente da qualidade do serviço público prestado à população.

Confira abaixo e participe da Agenda de Mobilização:

– de 13 a 17 de agosto, os/as trabalhadores/as realizarão novo acampamento na Esplanada dos Ministérios;

– no dia 15 de agosto, haverá concentração a partir das 9 horas, na Esplanada, para a realização de uma Marcha Nacional;

– no dia 22 de agosto, haverá a Marcha Nacional Por Reforma Agrária, Terra, Território e Dignidade, com concentração a partir das 9 horas, no Parque da Cidade.

Imprimir