Por administrador em 09/jul/2014

Comitê Regional da Internacional da Educação se reúne na Costa Rica



O Comitê da Internacional de Educação da América Latina (IEAL) está reunido na Costa Rica para abordar a situação atual e os rumos do movimento docente latinoamericano, além de tratar da contribuição da America Latina para a campanha mundial “Vamos nos unir pela Educação Pública – uma educação pública de qualidade para um mundo melhor”, bem como questões internas da federação.

Na abertura da reunião, nessa segunda-feira (7/7), o presidente da IEAL, Hugo Yasky, e a vice-presidente Fátima Silva, secretária de Relações Internacionais da CNTE, ressaltaram a importância do momento vivido na região, enquanto o neoliberalismo ataca e busca penalizar qualquer país que siga um caminho diferente do defendido pelos centros de poder econômico.

“A direita quer desestabilizar a região sul-americana com ataques a quem busca um caminho diferente do dominante, aguçam qualquer contradição interna dos governos que não seguem suas normas”, disse Yasky.

“Defendemos uma educação de qualidade socialmente referenciada, ou seja, que respeite o sujeito como autor de sua própria história, que leva em conta as comunidades rurais, as comunidades indígenas, os centros urbanos e os subúrbios das grandes cidades”, reforçou a representante da CNTE Fátima da Silva ao falar sobre a importância do Movimento Pedagógico latinoamericano.

O presidente da CNTE, Roberto Leão, participa do evento, que vai até amanhã, dia 9/7.

Imprimir