Por administrador em 12/set/2011

Clima seco prejudica atividades das escolas



O Sinpro tem recebido várias reclamações da categoria sobre os problemas enfrentados nas escolas por causa da baixa umidade do ar e o intenso calor que tem feito nos últimos dias. Os professores relatam que mesmo suspendendo as aulas de Educação Física no horário da tarde, muitos estudantes têm passado mal, em especial naquelas escolas em que há superlotação de salas ou muita poeira e fumaça nas proximidades.

Diante disso, o Sinpro entrou em contato com a Secretaria de Educação solicitando uma orientação oficial sobre como proceder nesses casos. O Sindicato entende que é questão de bom senso dar autonomia para as escolas analisarem as condições e, sem prejudicar o conteúdo do ano letivo, reduzir horários e sugerir atividades extraclasse para evitar mais prejuízos à saúde dos estudantes.

Imprimir