Por administrador em 27/maio/2014

CEF 507 de Samambaia sofre com a violência



A comunidade escolar está assustada. Já há algum tempo, são graves os problemas de segurança no CEF 507 de Samambaia.

As denúncias são de assaltos recorrentes no estacionamento da escola, tráfico de drogas, depredação dos veículos, das cercas e das câmeras de segurança.

Recentemente dois professores abandonaram a escola, por sofrerem ameaças e serem perseguidos. Um deles, inclusive foi assaltado nas imediações da instituição de ensino.

A insegurança é tanta que os denunciadores pediram para que seus nomes não fossem revelados, com medo de retaliações.

A escola já encaminhou vários ofícios ao GDF pedindo providências. Não há a presença do batalhão escolar por ali e até agora nada foi feito. Os professores pretendem parar caso o problema não seja resolvido pelo GDF.

A comunidade está se organizando para fazer uma passeata, chamando a atenção do poder público para esta questão tão delicada.

O Sinpro apoia estas iniciativas, para que a escola tenha plenas condições de conduzir seus trabalhos pedagógicos. Escola pública de qualidade precisa de segurança e tranquilidade para todos e todas que a frequentam.

Imprimir