Por administrador em 30/set/2010

CEF 01 é destaque no ensino do DF



O Centro de Ensino Fundamental 01 do Plano Piloto é destaque no Distrito Federal pelo ensino e projetos desenvolvidos com os cerca de 500 alunos que estudam no local. Por isso, a direção da escola e os seus professores, alunos e funcionários lamentaram a reportagem veiculada pelo programa Balanço Geral, da Record. De forma equivocada e sem ouvir nenhum representante da escola, o programa divulgou no início da semana que a briga entre dois alunos do CEF 01, nas imediações da escola, era um fato corriqueiro que incomodava constantemente os moradores da 106 Sul.
Segundo a diretora do Centro de Ensino, Maria Auxiliadora de Sousa, o incidente foi atípico e de forma nenhuma representa uma rotina dentro ou fora da escola. “O que ocorreu foi uma fatalidade. Acabou o expediente, todos os alunos e funcionários foram embora e dois estudantes começaram a brigar nas imediações do colégio. Infelizmente um deles acabou ferido, mas de forma alguma isto representa uma rotina dentro da nossa escola como foi mostrado na reportagem”, explica a diretora argumentando que a emissora utilizou várias imagens de brigas em outras localidades, levando a crer que todas elas tenham ocorrido dentro do CEF 01.
Na verdade o que ocorre hoje, no entendimento do Sinpro, é que alguns moradores do Plano Piloto não gostam que uma escola pública esteja sediada na quadra em que moram, já que seus filhos, de classe média alta, não estudam ali. “Quando aconteceu este episódio eles aproveitaram para falar mal da escola de forma mentirosa”, disse Maria Auxiliadora.
Os prêmios conquistados pelo Centro de Ensino e todos os projetos ali desenvolvidos mostram que a realidade está bem longe da mostrada pela reportagem. No último resultado do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) o CEF 01 foi o quarto melhor; está entre os dois Centros de Ensino Fundamentais que passaram para as Olimpíadas de Português; está bem colocado no Sistema de Avaliação do Desempenho das Instituições Educacionais do Sistema de Ensino do DF (SIADE); tem projetos desenvolvidos nas áreas de Matemática e Português; todos os alunos participam do Produção Textual, concurso organizado pelo Correio Brasiliense; já lançou dois livros e criou o projeto Teclando o Futuro. “Os pais, alunos e professores ficaram indignados com tudo que foi mostrado pela Record porque sempre procuramos incentivar os estudantes, fazendo com que eles tenham o melhor ensino do DF. Projetos nós temos e os prêmios mostram que a violência não faz parte da rotina da nossa escola”, finaliza a diretora.

Imprimir