Por administrador em 12/jun/2009

Carlos Mota será cidadão honorário



O professor Carlos Mota, assassinado no ano passado por combater o tráfico nos arredores a escola em que era diretor no Lago Oeste, receberá post mortem o título de cidadão honorário de Brasília. A solenidade de entrega do título a sua esposa, Rita Pereira, será no dia 15 de junho, às 10h, no auditório Dom João VI da Imprensa Nacional, no Setor Gráfico.
Mota era um dedicado diretor que sonhava em transformar o Centro de Ensino Fundamental no melhor do Brasil. Sua luta contra a ação de traficantes em torno dos muros da escola era elogiada por pais e alunos, mas contrariou os bandidos que assassinaram o professor na porta de sua chácara.

Imprimir