Por administrador em 29/out/2008

Audiência pública debaterá saúde de educadores



A Câmara Legislativa do DF realizará nesta sexta-feira, dia 31, às 15h, audiência pública para debater a falta de política que assegure a saúde dos trabalhadores em Educação. A audiência foi solicitada pela deputada Érika Kokay (PT). Segundo ela, o GDF não pode se omitir como vem fazendo a respeito do assunto e depois ir para imprensa dizer que os educadores estão apresentando atestados falsos.
“É preciso descobrir as causas do adoecimento crescente de professores e auxiliares, e, a partir daí, elaborar políticas públicas que possam atacar esses problemas”, afirmou a parlamentar, que em mais de uma vez acompanhou a diretoria do Sinpro em visita à Gerência de Perícia Médica-Odontológica da Secretaria de Educação e constatou a precariedade do atendimento no local.
Para a deputada, ao invés de tentar desqualificar os professores, até mesmo insinuando que eles possam estar cometendo crime, o secretário deveria debater e elaborar um programa de prevenção às doenças. “Esperamos que o governo, desta vez, compareça à audiência e realmente discuta a questão”, afirmou ela.
A audiência será realizada no Plenário da Câmara.

Imprimir