Por administrador em 25/abr/2011

Audiência Pública debate o futuro das Escolas Parque no DF



O futuro das Escolas Parque foi tema de audiência pública realizada na manhã desta segunda-feira (25), na Escola Parque da 308 sul. De iniciativa da deputada Rejane Pitanga (PT), o evento teve como objetivo debater a gestão político-pedagógica dessas escolas, consideradas patrimônios da educação no Distrito Federal. Como professora, a parlamentar considera as Escolas Parque “instrumentos de formação da educação integral de qualidade e para a cidadania”. Para ela, é urgente a adoção de medidas de promoção e defesa dessas instituições de ensino. Participaram da audiência pública o diretor da Escola da 308 Sul, Paulo César Valença; o secretário de Cultura, Hamilton Pereira; a deputada federal Erika Kokay (PT), a diretora do Sinpro-DF, Rosilene Correa, entre outros.

Para Rosilene, a função das Escolas Parque, conforme o proposto no projeto original, é o de desenvolver aulas de teatro, expressão corporal, preenchendo o tempo com atividades que reforcem a ideia básica do projeto. “O sistema precisa perceber que as Escolas Parque não são apenas mais uma “escola” da rede. Elas têm funções diferenciadas, de acordo com a proposta original de Anísio Teixeira, que visa proporcionar que a escola seja integral”.

Imprimir