Por administrador em 05/out/2009

Ato marcará 9 anos de assassinato de sindicalista



Nesta terça-feira (6), a CUT e outras entidades realizarão um ato contra a impunidade para marcar os nove anos do assassinato de Gilson da Silva Rocha, diretor do Sindser-DF. O sindicalista foi assassinado por policiais em Ceilândia durante um piquete do SLU, categoria a qual pertencia. Neste período, ninguém foi punido. O ato será às 19h, no auditório da Fenajufe.

No caso de Gilson, a situação fica ainda mais grave com uma recente sentença da Justiça, que nega à esposa e aos filhos do trabalhador qualquer tipo de indenização. Gilson foi morto com 33 anos.

Em 1999, durante atuação truculenta que ficou conhecida como o “Massacre na Novacap”, José Ferreira da Silva também perdeu a vida por tiros disparados por policiais que reprimiam o piquete da categoria.

Serviço

Ato contra a impunidade

DATA: 6 de outubro de 2009

HORÁRIO: 19h

LOCAL: auditório da Fenajufe

ENDEREÇO: SCS quadra 1, edifício Antônio Venâncio, 14º andar

(do site www.cutdf.org.br)

Imprimir