Por administrador em 04/fev/2013

Professor efetivo em contrato temporário: garanta seu direito



As professoras e professores efetivos que fizeram seleção para contratação temporária que forem impedidos de assinar o contrato de trabalho devem procurar imediatamente o Departamento Jurídico do Sinpro para que possamos ingressar com ação na Justiça com o intuito de garantir o direito dos/as professores/as. Confira os documentos necessários: cópia do CPF e RG, comprovante de residência, procuração (fornecida pelo próprio sinpro), cópia do contracheque ( três últimos meses), cópia do contrato dos honorários advocatícios e a autorização, cópia do edital do concurso, cópia do resultado da homologação do concurso, com destaque do nome.

O Sinpro entende que o cargo de professor é acumulável, conforme permite a Constituição. Em outros momentos houve tentativas por parte do Governo do Distrito Federal de negar a participação dos professores efetivos, mas o Sinpro ganhou na Justiça o direito de todas e todos assinarem o contrato.

Imprimir