Por administrador em 24/set/2009

Até no 15 de Outubro o Arruda quer mandar?



Professores e professoras, por incrível que pareça o governador do Distrito Federal ainda me surpreende. Como se não bastasse não cumprir do acordo financeiro ainda em 2009, não pagar as pendências financeiras, exigir que reposição das aulas em virtude dos casos de “gripe suína” seja presencial dos professores e alunos, o senhor governador assina uma portaria mudando a data do DIA DO PROFESSOR.
Gostaria de chamar a atenção, para o fato que essa mudança não pode ser vista simplesmente como um feriado que se antecipa. É preciso lembrar que o dia 15 de Outubro é a NOSSA DATA, o dia que comemoramos vitórias, mas um dia de luta pelos nossos direitos, direitos cada vez mais desrespeitados.
Parece que o governador Arruda insiste em confrontar os professores, ou mais do que isso INSISTE EM DESRESPEITAR O PROFESSOR.
Volto a insistir: o dia 15 de outubro não é um simples feriado, portanto mexer nesse dia é um precedente perigoso, pois deixará esse dia a mercê dos governantes, assim eles poderão sempre antecipar ou prorrogar esses dia conforme sua conveniência.
Será que quando o dia 15 de Outubro Feriado do Dia do Professor “cair” em um sábado ou domingo ele será antecipado????.
Espero que a diretoria do sindicato possa tomar medidas políticas ou ate legais para impedir esse AUTORITARISMO com o NOSSO DIA.
DIA 15 DE OUTUBRO É O NOSSO DIA E DEVE SER COMEMORADO NO SEU DIA.

Professor César Santos
Lecionando no CEF 10 Ceilandia
ex-diretor do Sinpro DF
MEMBRO DA Comissão de negociação pela Base

Imprimir