Por administrador em 23/jul/2014

Assédio e condições de trabalho foram destaques do Encontro Nacional de Mulheres dos Correios



Mulheres de diversos estados do Brasil se reuniram para discutir os interesses e as reivindicações da categoria ecetista, no XVII Encontro Nacional de Mulheres Trabalhadoras da Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect), realizado entre os dias 14, 15 e 16 de julho em Luziânia (GO).

Com o tema ‘Dignidade, Respeito e Igualdade Já’, o encontro debateu sobre questões como assédios moral e sexual, saúde da mulher nos Correios, condições de trabalho, a pauta nacional de reivindicação da categoria e empoderamento da mulher na política.

Realizado anualmente pela Fentect, o evento defende a valorização, promove a formação sindical das mulheres e direciona as diretrizes, pautas específicas e bandeiras de luta da categoria deliberadas no encontro para serem referendadas no Conselho Nacional dos Representantes dos Trabalhadores dos Correios (Conrep).

Amanda Gomes Corcino, presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Correios e Telégrafos do Distrito Federal e Região do Entorno (Sintect–DF), ressalta que o evento também promoveu uma capacitação para as participantes, fazendo recortes político e econômico em torno de indicadores de economia. Tais análises possibilitam maior entendimento da conjuntura para a construção de uma pauta de reivindicações econômicas.

Em seu segundo mandato, Amanda destaca a importância de inserir a mulher dentro do movimento sindical, partindo do princípio, de que é um espaço tradicionalmente masculino. “De 35 presidentes, temos apenas quatro presidentes mulheres dentro da Sintect”, afirma.  “Por isso, valorizamos as políticas de empoderamento da mulher na empresa, na política, na sociedade e em todos os espaços de poder e decisão”, ressalta.

Amanda se diz satisfeita com a qualidade dos temas e dos debates realizados  no encontro e principalmente pela força de vontade demonstrada pelas participantes em compartilhar suas experiências e dúvidas relacionadas a trabalho.

Imprimir