Por administrador em 06/abr/2009

Arrecadação cresce no Distrito Federal



“Brasília está na contramão da tendência nacional de queda no recolhimento de impostos”. A frase abre matéria publicada nesta segunda-feira, 6, pelo jornal Correio Braziliense, que mostra aumento na arrecadação de quase todos os impostos federais aqui no Distrito Federal. Segundo o diretor da Receita no DF, João Paulo Martins, os reajustes de vencimentos concedidos aos servidores públicos favorecem a atividade econômica em Brasília.
Enquanto o Imposto de Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ) está caindo 14, 98% no Brasil, aqui ele está subindo 23, 17%. A Contribuição sobre o Lucro Líquido das empresas (CSLL) cresceu 3, 28% em todo o país, mas no DF cresceu 58, 47%.
No caso dos impostos do DF, é preciso salientar: não houve queda na arrecadação, houve aumento, só que menor do que a estimativa projetada pela Secretaria da Fazenda. Entendemos que não há justificativa para congelar reajustes já concedidos a partir da perda de arrecadação, que, se ocorrer, seus reflexos serão sentidos apenas a partir de 2010.

Imprimir