Por administrador em 23/set/2014

Aeroviários fazem manifestação contra morosidade para legalização do Sindicato



A falta de agilidade em analisar documentos e conceder a Carta Sindical levou dirigentes do Sindicato dos Aeroviários de Brasília (Sindaero) e de outras localidades a realizar uma manifestação em frente ao Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

A atividade ocorreu na manhã da sexta-feira (19), reunindo dirigentes aeroviários de vários pontos do país.

O secretário-geral do Sindaero, Luciano de Oliveira, explicou que o sindicato foi fundado em julho de 2012. “Imediatamente levamos toda a documentação ao MTE para validar a entidade com o registro sindical. A morosidade do ministério compromete nossa atuação. Queremos respostas e uma definição do ministério. Não é possível esperar dois anos por um documento essencial ao nosso trabalho sindical”, disse.

Luciano enfatizou ainda que outros 11 sindicatos de aeroviários, também fundados de 2012 para cá, estão na mesma situação. “Todos esses sindicatos foram constituídos observando a legislação e, acima de tudo, por desejo e organização da base da categoria. Todos entregaram a documentação exigida ao MTE e não conseguimos entender como até agora não temos uma resposta oficial”.

O Sindaero promete realizar outras manifestações, “mais incisivas”, enquanto o MTE não se posicionar.

Imprimir