Por administrador em 02/abr/2009

Adin questionará projeto que congela salários



Após avaliação do seu Departamento Jurídico, o Sindicato dos Professores no DF decidiu ingressar com ação direta de inconstitucionalidade (Adin) contra a lei que permite ao governador Arruda congelar salários dos servidores. “No nosso entendimento, a lei, além de autoritária, é completamente inconstitucional, pois retroage para prejudicar os professores e ataca direitos adquiridos da categoria”, afirma o coordenador do departamento jurídico do Sinpro, Washington Dourado.
O Sinpro aguarda a sanção e publicação da lei para ingressar com a referida Adin.

Imprimir